Lustres garantem elegância à decoração Leave a comment

Peças são adequadas para iluminar e dar destaque a salas e halls de entrada

Não há como negar que um lustre pode dar elegância ao ambiente. Seja uma peça minimalista ou imponente, este é um objeto que confere beleza, complementando a decoração. Mas, mais do que enfeitar um determinado cômodo, é importante lembrar da função inicial desta peça, que é iluminar.

A arquiteta e designer de interiores Cristiane Barnabé Guidio, parceira da LigBem, explica que o lustre, assim como os demais tipos de luminárias, tem duas funções: iluminar de forma adequada o ambiente, de acordo com o seu uso, e dar beleza, valorizando e complementando a decoração.

É preciso observar, no entanto, que este tipo de peça não é recomendado para qualquer tipo de ambiente. Em geral, são ideais para halls de entrada, salas de jantar e quartos. “Nas cozinhas e banheiros, por exemplo, a iluminação deve ser mais direcional e bem distribuída, não sendo adequado o uso de lustres”, explica Cristiane. “Além disso, eles são também decorativos, e muitas vezes seus materiais não são adequados e práticos para a limpeza neste tipo de uso”, completa.


Embora alguns tipos de lustres já garantam destaque à decoração e iluminação, eles podem ser combinados com outras peças, como arandelas, spots e plafons, valorizando ainda mais os ambientes. Vale lembrar que ao escolher o lustre é preciso observar suas dimensões. A arquiteta e designer de interiores esclarece que a peça deve ser proporcional ao tamanho do ambiente. “Também é necessário que tenha um estilo que harmonize com a decoração existente, por isso, na maioria das vezes, é escolhido após a aquisição dos móveis”, aponta. “Outro ponto importante é que o lustre seja colocado em local adequado e com a iluminação correta.”

 

 

 

Altura ideal dos lustres

Escolhido o lustre, é preciso se atentar à altura ideal para a instalação da peça. Esta questão depende do ambiente e do local onde ele será instalado. “Se for instalado sobre a mesa de jantar, pode ficar mais baixo, a aproximadamente 1m60 do piso. Já em salas de estar e quartos, por exemplo, devem estar mais altos para não atrapalhar a circulação e a visão”, ensina Cristiane.

Escolha das lâmpadas dos lustres

Após a definição do local e altura da instalação dos lustres, a escolha das lâmpadas é importante. A intensidade, o tipo e a tonalidade da lâmpada dependerão do ambiente. “Além do mais, é preciso saber se o lustre escolhido suporta a quantidade de lumens necessários ao ambiente”, finaliza.

A LigBem conta com muitas opções de lustres e outras peças para iluminar e decorar ambientes. Faça uma visita e conte com a consultoria de nossa equipe para fazer a melhor escola.

Rua Pedro de Toledo, 951, Centro – Indaiatuba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *